Carta aberta a uma carioca

Querida amiga, 

Sempre soube que este dia chegaria – e não tardaria. Hoje é o dia em que você concretiza um desejo latente, o de voltar a morar no nosso Rio de Janeiro. Todo mundo sabe que morar em outra cidade não é fácil, mas acho que há uma certa subestima quando se trata de Sp: “é logo ali do lado”, “em 45 minutos você está em casa”. Mas eu e você sabemos que é muito mais do que isso. É muito mais do que não ter a praia, do que ter que se acostumar com temperaturas abaixo de 15oC. É mais do que abrir mão da beleza natural e do jeitinho carioca. Morar em outra cidade, você sabe, é ter que descobrir a si próprio. É não ter referências – de bairro, de escola, de lugares, de memórias. É não ver rostos conhecidos nas ruas e nos bares. É se perder no mapa, mesmo com GPS. Mas também é um monte de outras coisas: é ter amigos que são como família. É criar novos hábitos, descobrir as delícias e durezas da solidão. É valorizar, como nunca, o cheiro do mar e a comida quentinha da casa da mãe. É você e você, with a little help from your friends.

Depois de mais de três anos morando fora, espero que sua volta pra casa seja doce. Espero que você valorize cada pedacinho do que já tomava como rotina e redescubra, no antigo, a pessoa nova que se tornou. 

Pra mim, hoje é o dia em que mais uma amiga deixa São Paulo, e também o dia em que ganhei uma amizade eterna. 

Com amor,

Anaik 

Image